Você

Já faz algum tempo
Que não sei mais
Como escrever meus textos

Já não sei mais
O porquê de rimar
E já não entendo mais
A minha louca vontade
De te amar

Tudo que sei
É que eu só penso em você

As horas ao teu lado
São poucas
E não aguento mais
Ver o tempo passar

É inútil
Tentar resistir

Tentar esquecer
O seu olhar

Olhar que durou
Poucos segundos
E me fez por ti
Se apaixonar

Já não sei como começar
(O texto)
E também já não sei como terminar
(O que comecei)

E por mais que eu tente
Por mais que eu pense
Ainda não entendo por quê
Por você
Me apaixonei

Eu passo o dia
Pensando em você
Caminho
Pensando em você
Eu como
Pensando em você

Mas não estudo
Pensando em você
Pois isso
Já se tornou impossível de fazer
Com você na minha cabeça...

Eu durmo
Pensando em você
Eu sonho
Diversos sonhos diferentes
Em uma mesma noite
Eu junto à você

E quando toda essa loucura
Parece ter acabado
A primeira coisa em que penso
Quando acordo
É em você

Você
Você
Você...

Afinal, você por quê?

Por que você
"Anjo bom
Amor perfeito
Do meu peito"?

Já me questiono
Se "sem você
Não sei viver"

Pois ultimamente
Tudo o que faço em minha vida
Eu faço pensando
Em você

Pode parecer mais uma frase
Texto
Seja lá que coisa idiota for
Pra te conquistar
Mas acredite
Não é

Só escrevo porque
Não sei mais o que fazer
Em relação à esse sentimento
A não ser

Escrever
Escrever
Escrever
E escrever

É como se cada vez
Que eu escrevesse
Me sentisse
Mais perto de você

Por mais que eu não saiba
Se algum dia isto chegará
Até você

Por mais que eu não saiba
Se você dará algum valor a este...
Bilhete
Carta
Tentaviva de poesia ou rima
Que falhou
Se algum dia
Este chegar até você

Enfim
As linhas já acabam
E ainda não entendo o por quê
Desta carta
Deste bilhete

Não entendo o por quê
De eu tanto amar

Você

 

© PAOLO VALLINARI 2019