Sonho Profundo
Sonho Eterno

No sono profundo
No sonho eterno

Me ponho eu a escrever em meu caderno
Esperando por ti dentro de um terno
Na capela
Aguardo a chegada do clero

No sono profundo
No sonho eterno

Viajar contigo
Ver as estrelas no céu
Enquanto beijo a sua boca
Retirando o seu véu

E se duvidar
De tal manifesto
Carregando-te nos braços
Atravesso o deserto

Pois este amor
É verdadeiro e sincero
Vejo você num sonho tão belo
Vivendo contigo este amor tão terno

No sono profundo
No sonho eterno

© PAOLO VALLINARI 2019