Prece dos Oceanos

As vezes me sinto
Como se estivesse
No fundo dos oceanos
Com a vida nadando
E com os golfinhos brincando

Vendo a pureza da vida
E apenas esperando
Esperando a mudança
Pois tudo em seu tempo
Vai se renovando

E assim eu oro a prece
A prece dos oceanos
Esperando que aprendamos
A lição que Deus
Tenta nos passar há tantos anos
E vem nos passando

Mas parece que ouvi-lo
Recusamos
E por nossa própria ignorância
Vivemos em tempos insanos

O recado já foi dado
E vem sendo repassado
Animais e humanos
Devem ser unos

Assim como os seis números
Presentes em um dado
Cada um gera um resultado
Porém todos juntos
São necessários
Para que um jogo
Possa ser jogado

E o nosso jogo
É o da vida
Da vida em comunhão

Onde juntos curaremos as feridas
E lutaremos pela vida
Com dedicação

Não possuo maior desejo
Do que em paz ver o mundo então
E para isso
Basta despertarmos o amor
Que há em nosso coração

Amor de chama azul
Azul como o oceano
Porém de maior imensidão

Oremos pelos amigos
Desconhecidos
Que são irmãos
Para que eles não se permitam
Cair em tentação

Pois é chegada a hora
Da transformação

Onde o anjo do norte
De eterna compaixão
Tenta ajudar
Nos salvar da destruição

Destruição necessária
Para tal renovação
O recomeço da vida
Uma nova geração
Onde paz e luz
No mundo reinarão

Tenhamos esperança
Quando tudo parecer perdido
Rezemos pelo próximo
Como se ele fosse um ente querido

Amemos de coração
Pois é período de transmutação
E somente ficará vivo
Quem tiver evoluído
E também compreendido
A verdadeira lição:

Amar
Sem questionar
Viver
Para ajudar

E ouvir o que nos dizem
Aqueles que nem mesmo podem falar
Seres que moram no azul
No mais profundo do mar

Os golfinhos aqui estão
Para nos ensinar
São nossos professores
De origem estelar

E ainda sim
Seres tão iluminados
Somos capazes de matar

Quebrando mais um mandamento
E nos pondo em julgamento:

Somos realmente os mais evoluídos

Sendo que vidas destruímos
E causamos o tormento?

Deus criou tudo tão perfeito
Quem somos nós
Para destruir
O que por Ele foi feito?

Mas eu tenho fé
E por isso eu creio
Creio num mundo melhor
Onde a planta será o alimento

E delas cuidaremos
Não desmataremos
Assim como fazemos

Creio que unidos viveremos
Plantas
Animais
Humanos e minerais

Por isso eu oro a prece
A Prece dos Oceanos
Para que o mesmo limpe
As impurezas deste mundo profano


Para que o amor e a paz reinem
No coração de cada ser humano

© PAOLO VALLINARI 2019