Poema Carta de T.A.L.

Garota
Você não é desse mundo
Um dia jurei te esquecer
E minhas próprias promessas
Sobre você
Eu não cumpro

O que você fez comigo?
Envenenou meu coração?
Lembro sempre de você
Ao invés de quem deveria
Quando ouço certa canção

O que é você afinal?
Uma garota qualquer
Ou um demônio
Disfarçado de anjo
Que me provoca tentação?

Mas que grosseria a minha
Comparar-te com um ser
De tamanha escuridão
Sendo que foi você
Quem fez bater mais forte
O coração

Me perdoe
Se de você me escondo
E ocultamente
Poesias
Continuo lhe compondo

Mas preciso me garantir
Que todo o meu esforço
Para te conquistar
Menina de franja
Não será em vão

Pois sei que se eu falhar
Em minha missão
Horas de sono
Mais do que eu já perco
Pensando em ti
Perderei então

Me perdoe mesmo
Por não me revelar
É que me preocupo
Que ao fazer tal revelação
Eu te provoque decepção
E assim machuque mais
Meu coração

Tenho medo também
De se falhar
Perder o amor
De quem eu tanto lutei
Para conquistar

Sim, sou comprometido
Mas sonho com você
Antes mesmo
Dessa pessoa chegar

E exatamente por esse motivo
Que prometi a mim mesmo
De minha mente
Te apagar

Mas sério
Lindo anjo
Enquanto um beijo
Em sua boca não lhe dar
Sei que não vou sossegar

Só não possuo ainda
A coragem necessária
Pra te "atacar"

Espero não ouvir
Um "não róla"
Ao essa mensagem
Em forma de poesia
Te entregar
Pelo que acabo
De te revelar

Mas com você
Quero ser sincero
Pra valer

Pois de você
Nada
Nem mesmo quem sou
Quero esconder

Apenas me garanto
Para um erro maior
Não cometer

Logo mais
Continuo a lhe escrever

Um grande beijo
Lindo anjo

E lhe prometo
Que na hora certa
Não só me revelarei
Como o melhor beijo
Que você já pôde provar
Em sua vida
Lhe darei

Fique com Deus
Lindo anjo

E por mais que você não perceba
Te olhando
Sempre estarei...

 

© PAOLO VALLINARI 2019