Eu Não Sei Fazer Poesia

Eu não sei fazer poesia

Sei que parece
Tamanha ironia
Porém cada palavra

Que eu proferia
O amor na verdade
Era que me as trazia

Amor do qual
Eu sentia
Na carne
No peito
Na mente
Na alma

Amor que para mim
Mais que tudo valia
Um amor intenso
Que tudo acalma

Um amor perdido
No tempo e no espaço

Estará o cupido
Em eterno descanço?

Então estou
No eterno aguardo
Pelo ausente sentimento
Tão manso

 

© PAOLO VALLINARI 2020